20 de maio de 2012

VIDA NORMAL.




     Demorei bastante tempo pra entender a vida. Sempre achei que deveria ter ganhos o tempo todo, desbravamentos sem fim...hoje tenho 34 anos, tenho uma profissão, um lar, cachorros e quero filhos! Deixei de lado alguns orgulhos e cultivo outros, aprendi que ficar calado é melhor do que falar, que algumas coisas que se deseja é como correr atrás do vento, você nunca vai alcançar! Me dou o luxo de algumas coisas, mas sei que a felicidade mora com gente humilde. Sei que existe coisas que simplesmente são, independente do que eu faça elas não mudarão, então é melhor me conformar e achar um bom jeito de lidar com elas! Percebo que queria estar no lugar de algumas pessoas, mas que também existem algumas pessoas que gostariam de estar no meu! Hoje sei o quanto sou má e confesso, isso não me faz melhor em meus pecados, mas vejo o quanto existe gente que se acha boa e na primeira esquina deixa salivas de seus egoísmos, então dou risadas por dentro, dou gargalhadas na minha mente e procuro sair da frente! Não me vitimizo, choro, me angustio, arrebento meu corpo, mas há de existir soluções, há de existir caminhos, e eu hei de encontrá-los!
     O bom de tudo isso é uma coisa chamada consciência. Quando você tem noção do bem e do mal, você joga com os dois! ( Para os ultra religiosos de plantão, não falo de DEUS E DIABO!) Sim, porque falo de algo que não adimitimos! Todos  os dias lançamos mão do mal e do bem, a consciência desse jogo se chama experiência! Experiência é aquela coisa que as mães têm e os  "velhos" também! Essas pessoas se tornam quase profetas e sabem muito bem quais passos se deve dar em determinadas situações, se você seguir, se dará bem!
     Custei a entender, mas vida normal também é vida feliz, vida que segue com grandes, poucos ou nenhum grande evento, badalação...ao contrário do que muita gente pensa!



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá! Obrigada pela visita!