27 de dezembro de 2011

FELIZ VIDA NOVA!



   














            
Estou muito feliz! Me sinto plena, abundante!
Cheguei no caminho saudável de minha existência. Virei a curva!
O caminho certo para o coração é o caminho disponível.
Qual é o caminho disponível?
É o caminho do tempo,
Da coexistência,
Da releitura.
Do perdão.
Do amor sensato por mim sem exageros...
Da simplicidade.
Da malandragem de viver.
Da espera como estratégia.
Do deixar transparecer boba para alguns ( parecer sempre esperta é uma carta que nem sempre cai bem no jogo).
Do perder, pra ganhar depois ( engolir sapos sabendo que lá na frente tem um guisado!)
É o caminho que eu não tinha pernas pra andar!
Perna de pau, perna mecânica, meia perna, perna nenhuma!
Aprendi que o centro do mundo
Não é a ponta do meu pé!
Hoje estou disponível
Para aprender sobre vaidades,
Sobre o tempo que passa e não volta mais!
Estou disponível para brigas,
Mas também para a paz.
Estou adorando ser imperfeita!
Disponível para ouvir dos outros quem sou...
Mas não me venha com bobagens!
Adoro uma solidão!
A vida abriu suas portas para mim!
Sim, virei a curva, vejo um lindo horizonte e um tapete vermelho!
Vejo mares bravios, mas várias pontes e caminhos.
Na minha vida há o mestre do mar...
Existiu um tempo em que tive que me desdobrar pra pegar o "jeito" da vida,
Hoje parece que a vida é quem pega o meu jeito!
‘‘A vida é viciada em mim. Só tenho medo que
 ela tome uma overdose’’ - Mario Lago

Um beijo e feliz vida nova pra você também!



Um comentário:

  1. Existe somente uma idade para a gente ser feliz,
    somente uma época na vida de cada pessoa
    em que é possível sonhar e fazer planos
    e ter energia bastante para realizá-las
    a despeito de todas as dificuldades e obstáculos.
    Uma só idade para a gente se encantar com a vida e viver apaixonadamente
    e desfrutar tudo com toda intensidade
    sem medo, nem culpa de sentir prazer.
    Fase dourada em que a gente pode criar
    e recriar a vida,
    a nossa própria imagem e semelhança
    e vestir-se com todas as cores
    e experimentar todos os sabores
    e entregar-se a todos os amores
    sem preconceito nem pudor.
    Tempo de entusiasmo e coragem
    em que todo o desafio é mais um convite à luta
    que a gente enfrenta com toda disposição
    de tentar algo NOVO, de NOVO e de NOVO,
    e quantas vezes for preciso... Mesmo que as vezes as adiverssidades pareçam maiores aos olhos de quem o diga... Parabens linda pelo o blog...E pela forma como colocas cada palavra...

    ResponderExcluir

Olá! Obrigada pela visita!