4 de novembro de 2011

DOIS CHOROS


Houve um dia em minha vida em que disse para mim mesma "Bem vinda ao mundo dos adultos".
Neste dia me comprometi a não morrer de angústia...
A não sofrer mais do que o necessário...
A não achar que sou especial demais para não passar pelas dores que toda  humanidade passa!
Eu me achava especial demasiadamente.
Por isso entrei numa negativa e aprofundamento do sofrimento!
Assumi o compromisso comigo de não achar que as pessoas me devem amor, mas que eu devo a elas...
Assumi o compromisso de ser forte e fraca nos tempos devidos.
Hoje, exatamente agora, meu coração está cheio de gratidão aos céus.
Chorei antes de tristeza, de fraqueza, de esperança.
Hoje chorei por gratidão!
Gratidão a Deus pelos meus caminhos, pelos meus desalinhos, meus passinhos...
Pela pessoa que em mim encontrei, pelas pessoas que eu encontrei quando fui fraca.
Só as descobri porque fraca fui.
Em mim ecoa sobre o primeiro choro " O choro pode durar uma noite, mas a alegria vem ao amanhecer". Sobre o segundo, meu coração canta "Grande é a tua fidelidade!"

Abraço forte!

Um comentário:

  1. Que lindo, Ju! Vc é amiga das palavras e sabe muito bem usá-las para transmitir um sentimento.
    Deus te abençoe sempre.
    Beijos

    ResponderExcluir

Olá! Obrigada pela visita!