31 de julho de 2011

PARECE QUE É NATAL!



Sentimento estranho...de verdade, acordei com impressões de que já vivi algum Natal com  o mesmo clima e temperatura de hoje. Minhas memórias emocionais possuem cheiro, cor, temperaturas, paladar...
Sentimento estranho no sentido de que falta um pouco menos de quatro meses para este evento internacional acontecer!
Mas...será que é Natal em meu coração??
Em meio as privações meu coração se alegra pelo esforço que tenho feito em ser melhor, em me respeitar, em reconhecer os limites da minha alma e ao mesmo tempo querer alongá-los  com muito respeito e sem agressões.
Hoje experimento o melhor de mim e o dou aos outros.
Minha sanidade consiste no às vezes não entender, no dar a vez pro outro, no recuar, na consciência de que não sou menos eu, mas no sentido de não me auto valorizar por demais. Ser quem eu sou é simples demais, porém um desafio neste mundo uniforme, onde todas as orquestras tocam a mesma música...existe um relógio maior, que não é cronológico, não é numérico,  é de leitura, de maturidade, de evolução para a permissão. Nele o tempo é contado de outra forma.
Acho que é Natal em meu coração!!! Ele transborda de alegria pelas coisas boas que nascerão em mim e que nem mesmo eu sei muito bem o que é!
Feliz Natal!

Bom domingo!

8 de julho de 2011

DIVAGANDO




Sempre pensei na felicidade como sendo um quadro pintado, como sendo uma cena com atores e atos previsíveis.
Na minha jornada disseram que ela era assim.
Minha alma sempre quis ser feliz, por isso até não muito tempo esperava que esta felicidade um dia me alcançasse.
Com as impossibilidades da vida adulta, passei a acreditar mais nos improvisos...não me desiludi, me encontrei. Me desengessei, desintoxiquei. Descobri sorrisos fora de hora, pessoas melhores que eu, um EU melhor que o mEU! Descobri que os métodos são para grandes projetos, a felicidade não é um grande projeto, então não precisa de método!
Afinal você sabe o que é método???
As coisas flexíveis preenchem melhor os espaços do que as rígidas! Por isso, deixei de ser de ferro!
As colunas de minha alma estão sendo reconstruídas...
Eu prossigo minha jornada. Sou  co-autora de minha história. Faço questão de me entender, de entender as heranças famíliares, brigar com a minha criança, casar-me com a minha mulher! 
Hoje experimento a loucura, o erro, a fraqueza, admito as impossibilidades, não escondo os pecados, falo do que não sei, brigo, xingo...me descobri humana.
Mas...o que eu era antes? Um projeto de perfeição idiota!
Ahhh...vou dormir em paz!
Método: Conjunto de regras básicas  de como se deve proceder para alcançar determinados fins.

Jussara Barbosa

2 de julho de 2011

ADORO SER MULHER!




Se eu nascesse novamente e fosse perguntado a mim qual sexo queria, responderia o feminino!
Adoro ser mulher!
Hoje saí com uma super amiga para comprarmos coisas de casa. Saímos às 10h e voltamos por volta das 15h. Rimos, falamos pra caramba e compramos coisas pra nossa casinha! Os maridos ligaram, estavam em casa, coitados! Não se choque, mas comprar para as mulheres é como se fosse um outro tipo de orgasmo! É ou não é?! Sem contar que hoje, nossa motivação era deixar nossas casas mais bonitas, aconchegantes...isso claro, é papel da mulher! Não consigo imaginar meu marido pensando em conprar uma lixeira melhor pra casa, ou um abajur, ou querer comprar uma caneca pra ele e outra igualzinha pro amigo, isso em meio a muitas gargalhadas! Você concorda??!
Adoro ser mulher...é muito bom ser mulher e não abro mão disso!
Bjs