23 de janeiro de 2011

AMO MEU MARIDO!


Hoje é manhã de domingo! Lindo e quente domingo! O marido querendo perder barriga, saiu pra caminhar, tão engraçadinho, de tênis e fone no ouvido...daqui a pouco volta e vou lá preparar um cafezinho para tomarmos à mesa, juntinhos...
Hoje me sinto feliz! Feliz em meu lar que amo muito!
Amanhã, já não sei... pode ser que eu acorde num mau humor terrível!
Mas fico com uma frase bíblica que diz " Basta cada dia o seu mal!" Mateus 6:34

19 de janeiro de 2011

A PALAVRA



















É uma roupa que a gente veste
uns gostam de palavras curtas
outros usam roupas em excesso.
Existem os que jogam palavra fora
pior são os que usam em desalinho
cores brigando, substantivos em luta.
Alguns usam palavras raras,
poucos ostentam palavras caras.
Tem quem nunca troca
tem quem usa a dos outros
a maioria não sabe o que veste!
Alguns sabem e fingem que não,
uns nunca usam a roupa certa pra ocasião!
Tem os que se ajeitam bem com poucas peças,
outros se enrolam em um vocabulário de muitas.
Eu adoro usar palavra limpa
tem gente que estraga tudo o que usa.
com quais palavras você se despe?




Viviane Mosé, poemas do livro "Toda Palavra"




17 de janeiro de 2011

AGORA SIM, PARABÉNS PRA MIM!


Fiquei muito feliz, pois este bolo foi meu mano que fez! Diga-se de passagem estava uma delíciiiaaa!
As vezes fico pensando que para sermos felizes precisamos de tão pouco...

12 de janeiro de 2011

PARABÉNS!!!!


Esqueci de postar que fiz aniversário dia 09/01. Embora algumas pessoas não recomenderm, comemorei um dia antes ( 08/01)! Disse que o máximo que poderia acontecer, seria eu morrer, mas aí, morreria feliz, pois já teria comemorado rsrsrs  puro misticismo!
Em dezembro, minha sobrinha também fez 15 anos. Que Deus nos abençõe e nos acrescente anos de paz e bem!

DOENÇAS


























A maioria das doenças que as pessoas têm

São poemas presos.

Abscessos, tumores, nódulos, pedras são palavras

calcificadas,

Poemas sem vazão.

Mesmo cravos pretos, espinhas, cabelo encravado.

Prisão de ventre poderia um dia ter sido poema.

Mas não.

Pessoas às vezes adoecem da razão

De gostar de palavra presa.

Palavra boa é palavra líquida

Escorrendo em estado de lágrima

Lágrima é dor derretida.

Dor endurecida é tumor.

Lágrima é alegria derretida.

Alegria endurecida é tumor.

Lágrima é raiva derretida.

Raiva endurecida é tumor.

Lágrima é pessoa derretida.

Pessoa endurecida é tumor.

Tempo endurecido é tumor.

Tempo derretido é poema

Receita para arrancar poemas presos:

Você pode arrancar poemas com pinças,

Buchas vegetais, óleos medicinais.

Com as pontas dos dedos, com as unhas.

Você pode arrancar poemas com banhos

De imersão, com o pente, com uma agulha.

Com pomada basilicão.

Alicate de cutículas.

Com massagens e hidratação.

Mas não use bisturi quase nunca.

Em caso de poemas difíceis use a dança.

A dança é uma forma de amolecer os poemas,

Endurecidos do corpo.

Uma forma de soltá-los,

Das dobras dos dedos dos pés, das vértebras.

Dos punhos, das axilas, do quadril.

São os poema cóccix, os poemas virilha.

Os poema olho, os poema peito.

Os poema sexo, os poema cílio.

Atualmente ando gostando de pensamento chão.

Pensamento chão é poema que nasce do pé.

É poema de pé no chão.

Poema de pé no chão é poema de gente normal,

Gente simples,

Gente de espírito santo.

Eu venho do espírito santo

Eu sou do espírito santo

Trago a Vitória do espírito santo

Santo é um espírito capaz de operar milagres

Sobre si mesmo.



Fonte: Mosé, Viviane. Pensamento Chão. 2ª ed. Rio de Janeiro: Record, 2008. p. 35-39.

3 de janeiro de 2011

KARATÊ KID



Jaden Smith, filho do Will Smith no filme Karatê Kid, em uma cena diz que precisa retornar e finalizar a luta porque ele ainda tem MEDO!  Pede então ao treinador que o cure com uma das técnicas daquela cultura para que consiga retornar ao ringue. Retorna, se concentra e ganha a luta.
O medo deveria desempenhar em nós  função de enfrentamento, não de coação. O problema é que não questionamos nossos medos e fobias então, voltamos sempre ao mesmo ponto, não progredimos! O empasse se estabelece não na força braçal, mas na falta de entedimento, de percepção!
No filme, o menino diz que só saberá se venceu o medo ou não, se voltar e lutar. Nossa luta consiste em descobrirmos os caminhos que nossa memória emocional percorre ao ponto de nos oprimir, para então desativarmos a tecla de tensão. "Eureka"! É o descobrimento que vislumbra o conhecimento, que resulta na liberdade. Uma vez descoberto, o caminho se torna conhecido, portanto mais fácil de se retornar!
Embora o filme não seja tão denso quanto anuncia, deixa pra gente algumas dicas de reflexão que caracteriza a cultura chinesa como a arte da concentração, do equilíbrio e da repetição, coisas que passam desapercebidas em nossa cultura e que lá as crianças aprendem desde a infância   trazendo superioridade espiritual nos enfrentamentos da vida!

Um beijo grande!
Nos encontramos no pódio!