27 de agosto de 2010

PERCEBO QUE ESTOU ENVELHECENDO...



Percebo que estou envelhecendo quando não levo mais desaforo pra casa.
Percebo que envelheço quando não entro na pilha do estresse dos outros.
Quando não me importo em pagar "mico", quando tiro a limpo na cara  coisas subtendidas que disseram de mim, se não for na hora, volto depois!
Envelheçendo estou quando assumo meus prejuízos mas bem certa do que estou fazendo.
Percebo que envelheço quando só por capricho falo o que me veio a mente sem me importar tanto se causou machucadinho!
Envelheço quando como no outro dia, criei uma confusão quizumba ao entrar na farmácia, chamando o gerente, porque os produtos da Nívea estavam atrás do caixa não permitido que eu pegasse com minhas mãos, tendo que pedi-los a funcionária! rs
Percebo nítidas mudanças  em mim, quando entro no banco, a porta trava e elegantemente, sem qualquer medo digo que não tem mais nenhum metal na bolsa e que não vou abri-la, o segurança é obrigado a chamar a gerência para então me liberarem. Enquanto isso...maior fila atrás de mim e   eu me divertindo por dentro!!! rs
Já percebeu como as pessoas idosas são espontâneas? Parece que já obedeceram a todos os protocolos e agora se permitem à quebra de todos!
Permitir...
É esse um dos segredos da felicidade quando se alcança uma consciêrncia madura, a permissão. Permissão nesse caso, é o conhecimento imenso que você tem de sí mesmo, que te traz  espontâneidade sem a pretensão de ser perfeita!

Beijos!


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá! Obrigada pela visita!