14 de outubro de 2009

PARECE QUE CHORAMOS MENOS CONFORME VAMOS AMADURECENDO...

Antigamente eu chorava muito, qualquer coisinha era motivo para abrir o berreiro! Assim que casei, com as dificuldades de adaptação à vida nova de casada, também chorava muito...buááááá!!! Mas o tempo foi passando, e hoje percebo que choro bem menos diante das dificuldades da vida! Fico triste, aborrecida, com muiiita raiva... mas chorar, chorar, aquela coisa de rios de lágrimas, acontece cada vez com menos frequência! Penso que seja pelo tempo de vida que vamos ganhando, a experiência faz com que não venhamos a ficar tão desesperados, e nos coloca em posição de olhar as questões com mais frieza e com menos envolvimento emocional!
Mas hoje eu chorei...chorei por alguém que amo muito, que é parte de mim, que está dodói...você conhece o choro da impossibilidade? Do querer fazer algo, mas saber que só Deus o pode fazer?
...e nos guiará para as fontes das àguas da vida, e ele enxugará dos nossos olhos toda lágrima!

Um comentário:

  1. Tenho saudades de alguns choros meus, de outros, agradeço por eles terem secado, quanto ao seu choro de impossibilidade, chooooooooooooore mesmo, eles regarão e brotarão sementes boas que em breve germinarão!!! Vc vai ver!! bjss

    ResponderExcluir

Olá! Obrigada pela visita!