27 de outubro de 2009

O AMOR NÃO ACABA, NÓS É QUE MUDAMOS !

Achei este texto no blog da minha amiguirmã Paulinha
http://www.transgredindoaordem.blogspot.com/ Gostei muiiiito por isso com a permissão dela postei aqui. Tenho certeza que você também vai gostar!!! Boa leitura!

Martha Medeiros

Um homem e uma mulher vivem uma intensa relação de amor, e depois de alguns anos se separam, cada um vai em busca do próprio caminho, saem do raio de visão um do outro. Que fim levou aquele sentimento? O amor realmente acaba?O que acaba são algumas de nossas expectativas e desejos, que são subtituídos por outros no decorrer da vida. As pessoas não mudam na sua essência, mas mudam muito de sonhos, mudam de pontos de vista e de necessidades, principalmente de necessidades.

O amor costuma ser amoldado à nossa carência de envolvimento afetivo, porém essa carência não é estática, ela se modifica à medida que vamos tendo novas experiências, à medida que vamos aprendendo com as dores, com os remorsos e com nossos erros todos. O amor se mantém o mesmo apenas para aqueles que se mantém os mesmos.Se nada muda dentro de você, o amor que você sente, ou que você sofre, também não muda. Amores eternos só existem para dois grupos de pessoas. O primeiro é formado por aqueles que se recusam a experimentar a vida, para aqueles que não querem investigar mais nada sobre si mesmo, estão contentes com o que estabeleceram como verdade numa determinada época e seguem com esta verdade até os 120 anos. O outro grupo é o dos sortudos: aqueles que amam alguém, e mesmo tendo evoluído com o tempo, descobrem que o parceiro também evoluiu, e essa evolução se deu com a mesma intensidade e seguiu na mesma direção. Sendo assim, conseguem renovar o amor, pois a renovação particular de cada um foi tão parecida que não gerou conflito.

O amor não acaba. O amor apenas sai do centro das nossas atenções. O tempo desenvolve nossas defesas, nos oferece outras possibilidades e a gente avança porque é da natureza humana avançar. Não é o sentimento que se esgota, somos nós que ficamos esgotados de sofrer, ou esgotados de esperar, ou esgotados da mesmice. Paixão termina, amor não. Amor é aquilo que a gente deixa ocupar todos os nossos espaços, enquanto for bem-vindo, e que transferimos para o quartinho dos fundos quando não funciona mais, mas que nunca expulsamos definitivamente de casa.

22 de outubro de 2009

O Efeito José Mayer

O Efeito José Mayer
Por que as mulheres gostam tanto de homens
grisalhos?
Ivan Martins
IVAN MARTINS É editor-executivo de ÉPOCA.
Ontem eu abri o jornal e dei de cara com José Mayer, o galã grisalho da Globo, tentando explicar por que faz tanto sucesso com as mulheres. “É preciso exalar masculinidade”, ele disse.
A não ser que Mayer esteja falando de feromônios, não sei o que ele quer dizer com essa frase – e suspeito que ele mesmo não saiba.
Masculinidade é uma daquelas palavras – como feminilidade – que têm um significado diferente para cada pessoa que escuta. Ela não explica quase nada. De qualquer forma, acho pertinente discutir o encanto dos homens maduros: ele existe, é antigo e mesmo em uma época de grandes transformações comportamentais não dá sinal de arrefecer.
Mayer vai fazer 60 anos e ainda provoca gritinhos nas platéias femininas. Alguém se lembra de uma atriz nascida em 1949 que cause a mesma reação?
E há vários outros homens nessa situação. Pode-se lembrar de George Clooney, outro grisalho com fã clube universal. Que tal Richard Gere, cujos cabelos brancos foram até recentemente objeto de desejo das mulheres? Ou então Brad Pitt, que, mocinho, não fazia tanto sucesso entre as mulheres quanto faz agora, quarentão?
Alguém há de argumentar que todos esses são homens especialmente bonitos. Eu discordo. Acho, aliás, o conceito de “homem bonito” muito vago para ser usado de maneira objetiva. Mulher bonita todo mundo sabe o que é (sobretudo as próprias mulheres). Homem bonito é quase uma questão de gosto. Cada mulher acha um tipo bonito, inclusive os feios. Dias atrás eu fui parar por acidente no aniversário da Leandra Leal, aquela jovem atriz que fez O Homem que Copiava e, recentemente, Decamerão.
Claro, o lugar estava repleto de mulheres bonitas, boa parte delas atrizes. Mesmo assim, a cada nova beldade que entrava, o bar era percorrido por uma onda de eletricidade. Todo mundo olhava, admirava, invejava ou desejava. Inclusive as mulheres.
Aí entrou Cauã Reymond, o jovem ator da Globo que ocupa o posto de bonitão número um da TV. Comentou-se a entrada dele rapidamente (Cadê a Grazi? Não veio?? Que pena...) e logo o rapaz foi deixado em paz. Conclusão: o interesse pelos homens bonitos não dura cinco minutos.
É por isso que não existe equivalente masculino de Marilyn Monroe ou Gracie Kelly. A beleza feminina é uma forma de arte universal e duradoura. A beleza masculina, por comparação, é quase uma curiosidade. Se não vier acompanhada de charme e personalidade (ou poder), vale socialmente muito pouco.
Como se explica, então, a atração dos homens maduros?
Isso deveria ser mais bem explicado pelas mulheres, mas vou dar minha limitada opinião sobre o assunto: eu acho que as mulheres são mais sutis do que os homens.
A beleza das mulheres jovens, como disse uma vez o Gilberto Gil, é uma coisa óbvia. A maciez e a firmeza de um corpo de 20 anos, assim com o frescor do seu espírito, são um assalto aos sentidos masculinos.
O que as mulheres sentem por homens como Mayer, suponho, pertence a outra esfera de percepção.
Elas têm de olhar para além do corpo e perceber, nos gestos, nos olhares e nas palavras, atributos que as fotografias e as mãos não capturam.
E as mulheres fazem isso: buscam sinais que vão além da harmonia do rosto e da medida da cintura. Procuram outras formas de arrebatamento.
Conclua a leitura clicando no link abaixo:
http://revistaepoca.globo.com/Revista/Epoca/0,,EMI94514-15230,00-O+EFEITO+JOSE+MAYER.html

20 de outubro de 2009

ENFRENTANDO TANQUES DE GUERRAS


Também conhecido com o Rebelde Desconhecido, esta foi a alcunha que foi atribuído a um jovem anônimo que se tornou internacionalmente famoso ao ser gravado e fotografado em pé em frente a uma linha de vários tanques durante a revolta da Praça de Tiananmen de 1989 na República Popular Chinesa. A foto foi tirada por Jeff Widener, e na mesma noite foi capa de centenas de jornais, noticiários e revistas de todo mundo. O jovem estudante (certamente morto horas depois) interpôs-se a duas linhas de tanques que tentavam avançar. No ocidente as imagens do rebelde foram apresentadas foto como um símbolo do movimento democrático Chinês: um jovem arriscando a vida para opor-se a um esquadrão militar. Na China, a imagem foi usada pelo governo como símbolo do cuidado dos soldados do Exército Popular de Libertação para proteger o povo chinês: apesar das ordens de avançar, o condutor do tanque recusou fazê-lo se isso implicava causar algum dano a um cidadão...

Já tinha visto esta foto e achei de uma impetuosidade a coragem do jovem estudante, hoje voltei a galeria de fotos http://guiadelojas.com/fotografia/historia_fotos_historicas.html e comecei a pensar sobre minha vida...parecia que o rebelde era eu! É...em certos momentos temos que interpelar os tanques que se se colocam diante de nós, temos que ser rebeldes (no bom sentido rs) do contrario não sobreviveremos! Uma vez ou outra é bom dar uma de louca, aliás, já parou para pensar que às vezes os bons, os educados, os sensatos perdem a vez neste mundo louco? São massacrado? Pois é , é preciso de vez em quando ter atitudes drásticas diante da vida, discordar, dizer NÃO, tomar atitudes e posicionamentos que poderão de forma positiva influenciar o rumo de nossa história e nos colocar em posição de humanidade. Sabe, chutar o balde? Então!
Tenho procurado não ser tão severa comigo, tenho procurado caminhos para ser feliz, me afastado dos inimigos, aproximado dos amigos, aceitado as impossibilidades, procurado não temer e sim enfrentar.

" Quando procuramos revolucionar, nossa vida é um minuto para a eternidade"
" O comodismo de hoje pode setenciar seu amanhã"
" Quando caminho pra frente, deixo os medos para trás"
" O pessimista não vê saída , o otimista vê portas abertas"
" Audácia e valentia são, em grande medida as marcas de um vencedor"
" se não encontrar caminhos, os farei"


Dámaso Cerrut

14 de outubro de 2009

PARECE QUE CHORAMOS MENOS CONFORME VAMOS AMADURECENDO...

Antigamente eu chorava muito, qualquer coisinha era motivo para abrir o berreiro! Assim que casei, com as dificuldades de adaptação à vida nova de casada, também chorava muito...buááááá!!! Mas o tempo foi passando, e hoje percebo que choro bem menos diante das dificuldades da vida! Fico triste, aborrecida, com muiiita raiva... mas chorar, chorar, aquela coisa de rios de lágrimas, acontece cada vez com menos frequência! Penso que seja pelo tempo de vida que vamos ganhando, a experiência faz com que não venhamos a ficar tão desesperados, e nos coloca em posição de olhar as questões com mais frieza e com menos envolvimento emocional!
Mas hoje eu chorei...chorei por alguém que amo muito, que é parte de mim, que está dodói...você conhece o choro da impossibilidade? Do querer fazer algo, mas saber que só Deus o pode fazer?
...e nos guiará para as fontes das àguas da vida, e ele enxugará dos nossos olhos toda lágrima!

8 de outubro de 2009

Pastores estão mandando os pais matarem seus filhos por causa de bruxaria!


Gente, entrei no site do Caio Fábio ( o link está aqui no meu blog) e vi esse artigo. Fiquei perplexa com tamanha ignorância! Segue resumo das informações terríveis! Se desejarem entrem no blog para obter a informação completa.
Original Message -----To: CAIOSent: Friday, September 25, 2009 12:37 PMSubject: Uma grande tragédia!Pastores de igrejas evangélicas na Nigéria estão acusando crianças de serem bruxas, levando ao abuso e a crueldade indescritíveis a crianças inocentes.Elas estão sendo abandonadas pelos pais para morrerem, isso quando não são mortas, espancadas, queimadas, envenenadas, enterradas vivas, amarradas a árvores, entre outras [...]undefinedcrueldades.Estima-se que cerca de 5.000 crianças foram abandonadas desde 1998, e que de cada 5 crianças abandonadas, uma acaba morrendo, e as que sobrevivem ficam em estado de choque.Os pastores fazem parte das igrejas evangélicas "Assembléia do Novo Testamento", "Igreja de Deus das Missões", "Evangelho Monte Sião", "Glória de Deus", "Irmandade da Cruz", "Liberdade do Evangelho", entre muitas outras.São os pastores que dizem que as crianças estão enfeitiçadas, e eles prometem fazer um exorcismo para curar as bruxas mediante pagamento, que pode custar 3 a 4 meses de trabalho.Com a grande maioria das pessoas não podem pagar, elas abandonam as crianças, ou utilizam outros métodos para tentar "curá-las".http://www.youtube.com/watch?v=EJLULM_FAzEhttp://www.guardian.co.uk/world/2007/dec/09/tracymcveigh.theobserverEstou ficando cada vez mais triste com essas notícias.André Nachtigall Tessmann_________________________________Respostas:Meu irmão: Graça e Paz!Realmente é uma grande tragédia humana, antes de ser uma tragédia “cristã”. Porém, como o contexto das loucuras é “cristão”, sobretudo envolvendo “pastores”, de fato a tragédia fica infinitamente pior...O fato é que do Oriente ao Ocidente, do Norte ao Sul, os frutos do “Cristianismo” são um só em natureza e qualidade...Agora, mais do que nunca, muitos virão do Oriente e do Ocidente, do Norte do Sul, e entrarão no reino, embora os “filhos do reino” venham a ficar de fora!...Graças a Deus existe gente que não é da “igreja”..., mas que é da bondade e da justiça da Ordem de Melquizedeque, Rei de justiça e paz...Veja o vídeo e me diga quem é o anjo do lugar... Sim, a “igreja” ou o “pagão” amoroso?...http://www.youtube.com/watch?Leia

5 de outubro de 2009

Paz e Comunhão/ voz: João Alexandre



Cuida do passarinho e também da flor
Eles esperam pelo teu amor
Faz do teu lar um ninho e do mundo um chão
Onde se plante paz e comunhão!
Para que brote e cresça mais viva a semente
Para que a gente tenha o que colher
Para que o pão que venha ser por nós assado
Seja sinal traçado de viver!

Faz tua nova casa na varanda do velho chão

Convida teu irmão pra vir morar contigo
Planta paredes novas feitas para servir de lar e abrigo
Faz um café gostoso, põe a mesa no teu jardim,
Deixa que assim as plantas tenham paz contigo
Convida o universo, faz a vida ganhar maior sentido
Cuida da tua morada, cuida do pequeno mundo,
Deixa teu irmão bem perto, livre!
...............................................................................
Letra e música: Gladir Cabral
Se puderem ouçam essa música! é um convite a leveza da vida, a paz, a comunhão...a um chá gostoso com os amigos, ou uma pizza saborosa com quem se gosta de estar! "Lancemos sobre Ele a nossa ansiedade ( fardo) por que Ele tem cuidado de nós..."
Ah, só pra falar das fotos, viu? toda onça tem seu dia de preguicinha... de relaxamento, tranquilidade...rsrsr
A segunda foto é uma homenagem a todos os meus amigos, obrigada por me amarem!

1 de outubro de 2009

Quando vemos as coisas piores do que são...

Quando vi essa foto pensei :"Meu Deus! que coisa tenebrosa!" tive uma sensação horrível! Fiquei até com falta de ar só de pensar nessa àgua se diluindo toda em cima da moça! Pensei : Ela jamais escaparia!
Depois olhei por outro ângulo e vi que a foto está em pé, por isso nos dá essa visão tenebrosa! Na verdade, a moça está deitada se deliciando com a àgua em suas costas!
Não é assim na vida? Às vezes nos desesperamos por que vemos as coisas maiores do que são...construímos barreiras onde não existem barreiras, corremos de fantasmas, mas não há niguém querendo nos pegar! Assim mergulhamos numa paranóia que nos tira o folêgo da vida, que nos tira a visão dos sonhos, das realizações, enquanto poderíamos estar desfrutando de uma massagem deliciosa nas nossas costas de um filho, de um amigo, do esposo...de Deus!
Vamos experimentar juntos mudar a foto de ângulo? Eu quero, e você?
Grande abraço!

Você acredita em anjos?

Nunca se está só
Quando ao redor
Não haja mais ninguém
não se veja além
Anjos sempre vão, anjos
sempre estão
Com você aonde estiver!
Anjos pegam pela mão
Fecham boca de leão
Anjos sentam à sua mesa
Dormem em sua casa
Anjos trazem boas novas
E em sonhos vem falar
Tantas vezes sem sabermos
De mil perigos vem livrar
Anjos louvam junto a nós
Se é puro o coração
Uma voz se faz em muitas
Quando é sincera a canção!

Stênio Marcius Nogueira/Voz João Alexandre