22 de setembro de 2009

Qual é mais fácil: falar de sexo ou dinheiro?

Estou lendo um livro chamado "Terapia da Riqueza" de Deborah L. Price. Nele a autora fala sobre nossa relação com o dinheiro e as ligações que estabelecemos por causa dele. Isso envolve nossa segurança, nossas amizades, nosso casamento e até mesmo(principalmente) quem somos! A autora diz que muitos terapeutas concordam que as pessoas acham mais fácil revelar suas confidências sexuais, por exemplo, do que falar sobre questões de dinheiro. O dinheiro pode ser um símbolo de amor nas famílias, bem como um símbolo de violência, também pode ser usado como uma arma nos relacionamento, manipulando conflitos de sexo, amor ou poder. O dinheiro passou até mesmo a definir quantos filhos teremos e quando teremos. Alguns chamam isso de planejamento familiar, também é, mas a maioria das pessoas que tem apenas um filho ou ainda não os tem, argumenta que se tivessem uma "situação melhor" já teriam tido filhos ou teriam mais de um, pelo menos dois! Deborah termina a idéia falando que ter um relacionamento harmonioso com as próprias finanças é parte da conexão mente/corpo/espírito para viver saudável e equilibradamente, e o princípio da prosperidade é uma atitude de respeito à vida! Então? Já decidiu de qual assunto é mais fácil falar?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá! Obrigada pela visita!