30 de setembro de 2009

Peguei meu cachorro na rua...

Peguei meu cachorro na rua. Colocamos o nome dele de Dimy ( é Dimy de " di menor" rsrs). O incrível é que mesmo na rua nós já cuidávamos dele, mas ele nunca quis ficar aqui em casa, era muito desconfiado, comia e ia embora. Chegou o inverno e com pena o pegamos da rua. choveu três semanas direto, por causa da chuva ele resolveu ficar...e está até hoje! No início ele era todo desconfiado, quando eu pegava na vassoura ele saía correndo achando que fosse para bater nele, não brincava e não esboçava nenhum gesto de alegria. Levamos para vacinar, cuidamos de uma otite forte, compramos sabonete de cachorro...Hoje o Dimy é um outro cachorrinho, alegre! Quando um de nós chega em casa, principalmente o marido, o tapete chega a sair do lugar de tanto que ele pula ( de alegria)! Posso pegar a vassoura, passar por cima dele, que ele não pensa mais que podemos fazer maldades com ele. Isso se chama AMOR E CONFIANÇA!!! Ele gosta mais do marido, faz mais festa para o marido, porque no início, como não era acostumada com bichos em casa, eu fiquei meio desconfiada, ainda mais por ser cachorro de rua, mas o marido era quem dava banho, fazia carinho...e eu só ficava de longe olhando, depois que eu me envolvi me apaixonei...mas a GRATIDÃO dele é maior com o Marco! Hoje, quando saímos com ele na rua, os vizinhos falam que ele está metido, que está bonito, que nem parece aquele cachorro que vivia na rua!
Com todo respeito (rsrsr), essa história não se parece um pouco com uma outra história que conhecemos? Um abraço!

2 comentários:

  1. Eu sou suspeita para comentar: adoro cachorros e adoro o Dimy, mas não é todo mundo que faz o que vcs fazem: adotar, ainda mais adotar um bichinho de rua que com certeza foi abandonado. Fico revoltada com gente pequena, mesquinha que abandona gente, que abandona bicho como se eles fossem incapazes de sentir.
    Louvo a Deus pela capacidade de dividir que vcs tem, pela generosidade que brota do seu coração e do coração do Marco. A recompensa é esta, é esse amor incondicional que esse "bicho" tem por vocês.
    E esta história simboliza as várias formas que Deus usa para nos abençoar e fazer feliz,
    Deus abençoou vcs com o Dimy e vice-versa, o que posso mais desejar para vocês três??? Vivam a vida rsrsrsrs bjs

    ResponderExcluir
  2. Oi amiga... vejo se concretizar (ainda que por motivo diferente, por um dog) as inúmeras conversas que tivemos sobre adoção. E vc fez brotar sentimentos inovadores dentro de mim. Devemos a cada dia aprender a acolher... tomar parte de algumas coisas para as quais temos fechado olhos... pois é, amo acolher!!! Tenho praticado a acolhida... a proteção... o partilhar de sentimentos... abraço as oportunidades e apreendo com cada uma delas!!!
    Vcs são especiais!!!
    Bjusss

    ResponderExcluir

Olá! Obrigada pela visita!